Água que corre

Água que corre
Suavemente da Fonte
Em direção às terras
Secas e sofridas
Descuidadas e largadas
Que ainda possuem
Um veio de Esperança

Água da Fonte
Continue seu fluxo.
Em Ti,
Corpo, alma e espírito
Saciam a mais profunda sede.

Quando cuidamos
Da essência que somos
Os rios ressequidos
Recuperam seus fluxos
As margens se enriquecem
E a natureza floresce

Tornamo-nos um milagre
Renascemos na Força
Do Amor
Que nunca morre
E sim,
Se fortalece
Gerando mudanças
A cada combate
Entre Luz e Sombra

 

Por: Erica Brandt

Data: 05/04/2010

Facebooktwitterredditpinterestlinkedinmail

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 × três =

Facebook