Quem me socorre?

Acordo
Levanto num salto
Me vejo no espelho
Nem bom dia me dou
Quando dá tempo tomo café
Senão saio correndo
Passo o dia muito ocupado
Nem reparo no que estou fazendo.

Almoçando… Lanchando…
Bebendo… Tempo para o banheiro?
O que é isso?
Perda de tempo
Em tempos de pouco tempo
Meu pensamento não pára
Me lembrando das tarefas
Dos compromissos e exigências
De ontem, de hoje, de amanhã,
Dos que ainda vão ocorrer
Nos próximos dez anos
Porque isso é ser produtivo
Ser o melhor do mundo
Em que estou inserido
Enquanto isso, todos os dias
Meu estomago tenta digerir
O que minha mão leva à minha boca.

Meu coração tenta achar o ritmo
Com o pouco que respiro
E nem percebo que nem respiro…
No meio da tarde um mal-estar
Tudo se interrompe…

Nada mais vejo
Acordo num lugar desconhecido
Um anjo me olha
Balançando a cabeça e sorrindo
Diz: Você se esqueceu?
Quem cuida de você não sou eu!
Volte pro seu corpo e cuide dele
Sua “hora” não é agora
Volte e lembre todos os dias
Que o corpo precisa de cuidados
Pois sem ele você é ninguém

Aprenda que Deus lhe deu um corpo
A mais perfeita maravilha
À qual nenhuma máquina
Alcança a perfeição
Ele lhe deu esse corpo
Para você desfrutar da vida
De todas as suas maravilhas
Portanto não faça da sua vida
O inferno que Ele não lhe deu!

Erica Brandt
3/02/2011

Facebooktwitterredditpinterestlinkedinmail

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três × três =

Facebook