Revelar-se

Revelar-se
Despir-se
Mostrar-se
Ser realmente quem somos
Quanta ousadia
Quando tanto se recrimina

Liberta-se
Soltar-se
Simplesmente entregar-se
Seguindo o fluxo
Da paixão pulsante
Descobrindo-se inteiro
Liberto e vivo
Ah!!! O gozo…
O prazer de estar vivo
Pleno em todos os sentidos

A gargalhada explode
A tirania finda
Entre risos e suspiros
Compreendendo a magia
Do revelar-se
Despir-se
Mostrar-se
Ser realmente quem somos

Por: Erica Brandt

Data: 15/04/2010

Facebooktwitterredditpinterestlinkedinmail

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

8 + sete =